W3C home > Mailing lists > Public > w3c-translators@w3.org > October to December 2010

Bom, não! Ótimo rapaz!

From: Giego Alves <giegoalves@gmail.com>
Date: Wed, 20 Oct 2010 14:56:53 -0200
Message-ID: <AANLkTik41nM90RkPEHONGzXYBwvDHQS=y4mbuAjXqMXN@mail.gmail.com>
 *Quem é ele, você sabe ?*
[image: Gil Ferreira/STF / Toffoli: caso dos Diários Secretos é
desdobramento do caso gafanhoto, investigado pelo Supremo. Por isso, MP não
teria competência legal para seguir na apuração criminal. Já a investigação
na esfera cívil está mantida, pois o foro responsável é a Justiça
Estadual][image:
Cerimônia de posse do ministro Dias Toffoli no plenário do Supremo Tribunal
Federal. (23/10/2009) - Gil Ferreira/SCO/STF]
****Dados*
*Nome: **José Antonio Dias Toffoli*
*Profissão (atual): Ministro do Supremo Tribunal Federal /STF- Suprema
Corte.*
*Idade: 41 anos*

 *Um breve histórico, para entender a "coisa**"*

****Currículo: "um passado não muito distante"...*
- Formado pela USP
- Pos Graduação: *nunca fez*
- Mestrado: *nunca fez*
- Doutorado: *também não fez*
- Concursos: 1994 e 1995 foi *reprovado *em concursos para juiz estadual em
São Paulo  (é estadual e não Federal; não và se confundir).
- Depois disso, abriu um escritório e começou a atuar em movimentos
populares. Nessa militância, aproximou-se do deputado federal *Arlindo
Chinaglia e deu o grande salto na carreira ao unir-se ao PT. *
** **Em Brasília: *
- Aproximou-se de *Lula e José Dirceu*, que o escolheram para ser o advogado
das campanhas 1998, 2002 e 2006;
- Com a vitória de Lula foi nomeado *Subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa
Civil*, então comandada por *José Dirceu*;
- Com a queda do chefe, pediu demissão e voltou à banca privada;
- Longe do governo, *trabalhou na campanha para a reeleição de Lula*, *serviço
que lhe rendeu 1 milhão de reais em honorários.
*-  No segundo mandato, voltou ao governo como *chefe da Advocacia-Geral da
União;
*- *Toffoli* é duas *vezes réu*. Ele foi condenado pela Justiça em dois
processos que correm em primeira instância no estado do Amapá. Em termos
solenemente pesados, a sentença mais recente manda Toffoli devolver aos
cofres públicos a quantia de 700.000 reais – dinheiro recebido
"indevidamente e imoralmente" por contratos "absolutamente ilegais",
celebrados entre seu escritório e o governo do Amapá.
- Um dos empecilhos mais incontornáveis para ele é sua visceral *ligação com
o PT, especialmente com o ex-ministro José Dirceu*, o chefe da quadrilha do
mensalão. De todos os ministros indicados por Lula para o Supremo, Toffoli é
o que tem mais proximidade política e ideológica com o presidente e o
partido. Sua carreira confunde-se com a trajetória de militante petista –
essa simbiose é, ao fundo e ao cabo, a única justificativa para encaminhá-lo
ao Supremo.

 Em 2008, foi indiciado pelo Presidente Lula para Advogado-Geral da União.


*POSSE: Cadeira dos sonhos*
No dia 23/10/2009 ocorreu a posse de Dias Toffoli como ministro do
STF, indicado pelo Presidente Lula. Assistiram entre outros: Dilma
Rousseff.
*[image: Cerimônia de posse do ministro Dias Toffoli no plenário do Supremo
Tribunal Federal. (23/10/2009) - Gil Ferreira/SCO/STF][image:
080328_toffoli]*


*Algumas atividades como Ministro do STF.*
Ao longo de oito meses no STF ele participou de julgamentos polêmicos e
adotou posturas isoladas.
- Em março, *foi o único* entre dez ministros que *votou favoravelmente ao
pedido de habeas corpus para libertar José Roberto Arruda*, ex-governador do
Distrito Federal.
- Em maio, *votou pela absolvição* do deputado federal Zé Gerardo (PMDB-CE),
primeiro parlamentar condenado pelo Supremo desde a Constituição de 1988 (o
julgamento acabou em 7 a 3).
- Duas semanas depois, *indeferiu um pedido de liminar em habeas corpus em
favor* do jornalista Diogo Mainardi, em processo no qual foi condenado por
calúnia e difamação. Mainardi *é crítico da gestão petista* e de Lula.
Na quarta-feira passada, Toffoli, que também é ministro-substituto do
Tribunal Superior - Eleitoral, pediu vista de um dos processos por
propaganda eleitoral antecipada contra Lula e a pré-candidata a presidente
pelo PT, Dilma Rousseff. O julgamento avaliava um recurso contra uma decisão
que multou os dois, nos valores de R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente, e
que foi determinada pelo ministro Henrique Neves no dia 21 de maio.

Em setembro de 2010, votou *contra* a aplicação imediata da *Lei Ficha
Limpa. *

image0011.jpg
(image/jpeg attachment: image0011.jpg)

image0022.jpg
(image/jpeg attachment: image0022.jpg)

image0033.jpg
(image/jpeg attachment: image0033.jpg)

Received on Wednesday, 20 October 2010 16:57:38 UTC

This archive was generated by hypermail 2.4.0 : Friday, 17 January 2020 20:27:46 UTC