W3C home > Mailing lists > Public > ietf-charsets@w3.org > April to June 2003

seu próximo emprego pode estar em outro país

From: novidade_para_voce- ietf-swap-request <novidade_para_voce-.ietf-swap-request@argentina.com>
Date: Fri May 2 10:58:37 2003
Message-Id: <200305021458.h42EwCvD025738@frink.w3.org>
To: "ietf-swap-request" <ietf-swap-request@w3.org>
materia publicada no Diário Popular de Sao Paulo

Caderno de Empregos

 

Mesmo com a estabilidade econômica, o Brasil vem batendo recordes de índices de desemprego. Com isso, muita gente come começa a apostar o seu futuro na globalização, faz as malas e vai para o exterior à caça de trabalho ou mesmo para aprender outro idioma.

É o caso da ex-auxiliar administrativa Cristina Panizza, 41 anos. No ano passado, Panizza perdeu o emprego, e mesmo possuindo um bom currículo não conseguia ser contratada. Numa atitude bem pensada, embarcou para Londres há dois meses. 

Lá trabalha de baby sitter e ganha US$ 300 por semana. Seu patrão é nada menos do que o presidente internacional da MTV. "A única despesa que tenho é com roupas e cremes", avalia.

Vera Saldanha, 45 anos, é outro caso. De passagem comprada com destino à Suécia, onde irá ganhar US$ 100,00 por semana como baby sitter, sua iniciativa deu-se pela falta de trabalho. "A falta de perspectiva em arranjar emprego no Brasil me levou a optar por um trabalho no exterior.", diz Saldanha.

Nem mesmo uma boa qualificação garante um emprego no Brasil. A jornalista Maria Cecília, 28 anos, sabe muito bem o que é isso. "No dia seguinte à minha inscrição na MBrazil recebi quatro telefonemas de diversas famílias",diz. Ela já se decidiu e embarca para Londres em setembro para cuidar de duas crianças.

O trabalho de baby sitter é muito comum nos Estados Unidos e na Europa e consiste em cuidar dos filhos do dona da casa onde a baby sitter ficará hospedada. Ela pode, como combinado antecipadamente, Ter em suas atribuições alguns serviços domésticos, como tarefas simples de levar a criança à escola, ao médico e cuidar do bebê: alimentação e higiene. A vantagem vai além do emprego garantido e Ter contato com outra cultura.

Uma delas é aprender um outro idioma. "É unir o útil ao agradável", diz Marcelo Toledo, 30 anos, dono da agência de intercâmbio . 

Para a jornalista Maria Cecília, hoje as perspectivas com o intercâmbio são melhores do que as atuais e certamente lhe proporcionarão vislumbrar metas, além de novos sonhos na trajetória de desemprego atual que o país enfrenta.

"Não tenho hoje perspectivas de arrumar um serviço no Brasil. Quero ficar em Londres no mínimo um ano. Depois vejo o que faço", revela.

Para Toledo, existem três perfis de pessoas que procuram a agência. Aquela de 18 a 25 anos que não conseguiu passar no vestibular; a de 25 a 30 que sofreu alguma decepção, geralmente amorosa, e que quer dar outro rumo à vida e a de acima dos 35 anos, que não consegue mais ser aceita no mercado de trabalho. 

 

Saiba mais procurando em seu motor de buscas - " Intercambios Remunerados no Exterior " 

ou ligando para nos :

Matriz: 11-4586-5406 / 4586-9299 

Representantes

Rio de Janeiro: Sra Carolina Cavalcanti- Fone: 21- 9639-0124 ( ex-cliente e ja morou em Portugal )

São Paulo: Sra Suzana - Fone: 17- 9701-0914 OU 11-3801 1813(ex-cliente e ja morou na Inglatera )

Braganca Paulista - Sra. Regiane - 11- 9804-2391 ( melhor amiga e cliente da agencia mora em Londres) 

 

Peco perdao se esta mensagem nao lhe interessou e a mesma nao sera enviada novamente.

 

 

NOS CONFIAMOS EM DEUS!

 
    
Received on Friday, 2 May 2003 10:58:37 GMT

This archive was generated by hypermail 2.2.0 + w3c-0.30 : Monday, 12 September 2005 15:53:32 GMT